Quantos quilômetros valem a sua paixão?

Conheça a história do colaborador que diariamente percorre 160 quilômetros para trabalhar na nossa marca!

O relógio aponta 4h30 e Fabiano já está trajando roupa Solar, com mochila nas costas e sorriso no rosto. Pega a estrada por cerca de duas horas, tempo que leva de casa até o seu destino final: o trabalho. Às 6h30, quando o despertador de muitos tocam, Fabiano aguarda a abertura da loja onde realiza seu trabalho como promotor de vendas da Solar Coca-Cola. Natural de Cajueiro (AL), local em que reside até os dias atuais, Fabiano Costa, cotidianamente há 9 anos, desloca-se até Maceió para desempenhar a sua função na empresa que ama: a Solar.

O retorno segue a mesma rotina: duas horas dentro de um ônibus para chegar à família. A cidade em que Fabiano mora fica a 80 quilômetros (km) distante de Maceió, o que totaliza um deslocamento diário de 160 km. Somando todos os dias úteis da semana chegamos a um número de 960 km percorridos por semana.

O avantajado número de quilometragem pode desmotivar àqueles que não tem paixão pelo local que trabalha. Não é o caso de Fabiano. “É um colaborador que se destaca. Participa dos programas internos e sempre está com um humor de fazer inveja”, disse o supervisor de merchandising, Frankson Araújo, líder de Fabiano. O relato é notório no dia a dia. Por entre os corredores de um supermercado, ao ser chamado, Fabiano abre largo sorriso, estende os braços e abriga quem quer que seja com palavras afetuosas. Quando questionado do porquê de percorrer longas distâncias, Fabiano não titubeia: “eu amo a empresa que trabalho, tenho orgulho de ser Solar”.

Por ser um excelente profissional, o promotor já foi contatado por outras empresas. Pôde escolher entre estar mais perto de casa ou continuar na Solar, mas disse que escolheu com o coração. “Sempre tive o sonho de trabalhar na marca. Há nove anos, pedi dinheiro emprestado para participar do processo seletivo e passei por quatro etapas para estar aqui; entrei admirando uma marca e passei a amá-la. Por isso é que não há distância que me faça sair daqui”. Nove anos de paixão pela marca fez Fabiano percorrer mais 500 mil km de idas e voltas. Conhecendo de cor cada pedaço da estrada alagoana, ele fez e faz sua história na Solar. Uma história de paixão.