São Luís (MA) inaugura nova linha de produtos em embalagens retornáveis

A nova linha possui a mais moderna tecnologia em operação no país

 

 

A Solar Coca-Cola realizou na manhã desta segunda-feira, 11 de novembro, a inauguração da nova linha de produtos em embalagens retornáveis da unidade de São Luís (MA). Com investimento de R$ 90 milhões, a nova linha possui a mais moderna tecnologia em operação no país, com foco em abastecer todo o Maranhão e também o Piauí, além de reforçar a cadeia produtiva de insumos e setores como frete e combustíveis. O valor aplicado foi destinado a compra e instalação das máquinas, reforma e ampliação das instalações.

 

As novas garrafas lançadas são PET, porém, desenvolvidas com uma tecnologia que permite a reutilização da embalagem em até 25 ciclos. Além disso, a sustentabilidade é o objetivo central do investimento das garrafas retornáveis, que finalizam a vida útil dentro da fábrica, reduzindo o volume de resíduos ambientais. 

 

O diretor geral da companhia, André Seabra Salles, pontuou que o investimento, além de ser resultado da parceria e compromisso da Solar com o Estado, representa também o objetivo assumido com o plano de negócio da Coca-Cola aos objetivos de sustentabilidade, que inclui a missão de coletar e reciclar o equivalente a 100% das embalagens que coloca no mercado até 2030.  

 

Sobre a embalagem PET

A embalagem PET retornável é feita de resina com algumas propriedades diferentes, o que reduz a produção de novas embalagens em 70 milhões de garrafas por ano no Brasil. Com o novo produto, essa quantidade que deixa de ser produzida reflete em ganho ambiental, não só na diminuição da geração de resíduos, mas também na emissão de carbono.

 

Outra novidade está no envase. A linha PET retornável irá operar como o modelo de garrafa universal, que unifica o formato das embalagens de todos os refrigerantes. O modelo é mais leve do que o tradicional (redução de 14% na gramatura) e garante ganhos para o meio ambiente e para o consumidor, pois o produto passa a ser fabricado com o custo menor.

 

Representantes da Solar e do governo do Maranhão

A ocasião contou com a presença do diretor geral, André Seabra Salles; do diretor de Relações Externas, Fabio Acerbi;  do vice-presidente, Nilson Tagliari; do diretor Regional da Coca-Cola Brasil, Pedro Massa; do diretor de Relações Governamentais da Coca-Cola Brasil, Victor Bicca; dos acionistas, Ricardo Mello e Leonardo Mello; do governador do Maranhão, Flávio Dino; do secretário da Indústria e Comércio (SEINC), Simplício Araújo; do secretário de Cidades, Rubens Junior; do deputado Estadual (DEM), Neto Evangelista; do deputado  Estadual (PC do B), Adelmo Soares e do presidente da Casa da Indústria Albano Franco (FIEMA), Edilson Baldez.