Solar recebe Selo Verde por utilização de energia renovável

Trata-se de uma das iniciativas que somam à cultura de sustentabilidade da Solar.

A Solar recebeu, no dia 15 de outubro, o Selo Verde da Cegás, em evento realizado na Casa Cor Ceará 2019. A premiação é concedida em reconhecimento ao compromisso com a sustentabilidade. A engarrafadora utiliza o Gás Natural Renovável (GNR) como insumo energético em seu processo fabril, na forma de combustível para equipamentos industriais.

O Selo Verde é uma iniciativa da Cegás para destacar os clientes que fazem uso de energia limpas e renováveis. Atualmente, 17% do gás natural distribuído para empresas como a Solar é gerado a partir da decomposição de resíduos orgânicos depositados no Aterro Sanitário de Caucaia e transformados em combustível em uma unidade de captação e tratamento instalada no aterro.

A utilização do GNR evita que mais de 610 toneladas de CO2 sejam lançadas na atmosfera anualmente, equivalentes à retirada diária de mais de 800 mil litros de diesel do setor de transportes. Isso contribui para minimizar a emissão de gases de efeito estufa, contribuindo para uma sociedade mais sustentável.

De acordo com o diretor de  Procurement da Solar Coca-Cola, Orlando Fiorenzano, “esta éEstamos caminhando para transformar a matriz energética da nossa companhia, tornando-a cada dia mais sustentável. O tema faz parte da estratégia da nossa companhia, pois acreditamos na importância da consciência ambiental; que não conseguiremos crescer sem que nos preocupemos com o longo prazo, com o futuro de nossas gerações”.