Programa Água +: Acesso, Disponibilidade e Eficiência

Conheça o Água+, programa da área de Sustentabilidade e Responsabilidade Social, que a Solar Coca-Cola promove em parceria com o Instituto Coca-Cola

 

Imagine um mundo sem acesso fácil à água. Levantar muito cedo para ir à fonte mais próxima e carregar a água em seu meio de transporte. Ao ingeri-la, ainda correr o risco de contrair uma doença devido ao tratamento inadequado. Esse mundo existe para mais de 35 milhões de pessoas no Brasil, e a maioria delas vive em nosso território de atuação: o Nordeste.

Sensibilizada com a realidade de tantas famílias, a Solar colocou em prática uma iniciativa do Instituto Coca-Cola Brasil, que é um dos pilares do Água+: o Água + Acesso, que leva água potável, de forma segura e sustentável, a diversas famílias de comunidades em situação de vulnerabilidade.

Em parceria com algumas das principais organizações que atuam com o tema, a Solar tem colocado fortemente em prática a iniciativa, mobilizando os seus talentos e fazendoinvestimentos. Quatro de nossos estados estão recebendo os benefícios do Água + Acesso: Bahia, Ceará, Pernambuco e Piauí. Mais de 41 mil pessoas foram beneficiadas e sete tecnologias de tratamento de água são utilizadas nas 74 comunidades atendidas.

Uma das comunidades que recebeu o Água + Acesso foi a de Tanques, distrito localizado no município de Maranguape, no Ceará. No início dos anos 2000, a localidade obteve um sistema de abastecimento de água por meio da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e do munícipio.

Entretanto, a água não era tratada e nem todos a recebiam. Pouco tempo depois, a comunidade passou a ser gerida pela Organização Não Governamental (ONG) Sisar (Sistema de Saneamento Rural Cearense) que, ao chegar lá, constatou que a estação de tratamento não era adequada. Foi quando o Água + Acesso mudou a vida de mais de 400 famílias com o investimento complementar de uma Estação de Tratamento de Água compacta de ultra filtração. Depois disso, a água passou a ser potável, e chega, todo dia e toda hora, a todas as casas da região com excelente qualidade.

Maria Amélia Murad, Gerente de Sustentabilidade e Responsabilidade Social da Solar Coca-Cola, explica que o tema “não se trata de uma “modinha”, de apenas uma área, trata-se de um valor que todos devem ter. Nossa responsabilidade como uma empresa sustentável vai além de respeitar o meio ambiente. Ser sustentável é também ter responsabilidade social, melhorar a imagem da empresa junto aos consumidores e das comunidades em geral, inclusive potenciais novos colaboradores, buscar economia em nossos processos, com práticas, por exemplo, de reciclagem, reuso de água, redução do consumo de energia, ser uma empresa ética, de resultados sólidos, mas sempre em busca da satisfação dos seus colaboradores, clientes, fornecedores e parceiros em geral, ser uma empresa inclusiva”.

Além do Água + Acesso, o Água + possui ainda outros dois pilares: o Água + Disponibilidade e o Água + Eficiência. O primeiro visa repor a água ao meio ambiente por meio de programas de reflorestamento e conservação de bacias hidrográficas, e de eficiência e reuso nas fábricas. Já o Água + Eficiência tem o objetivo de reduzir o volume de água utilizada no processo das nossas bebidas, o que originou na Solar, no ano de 2018, o programa Ondas Solar. Trata-se de um programa que faz com que os colaboradores se reúnam em grupos de melhoria, competindo entre si com projetos que visam o consumo consciente. O resultado desse empenho no primeiro ano do projeto foi fantástico: uma economia de 26 milhões de litros de água em toda a Solar.

 “Os projetos nos orgulham ainda mais, pois percebemos que nossos colaboradores estão em sintonia com a nossa causa, nos proporcionando resultados que pareciam utópicos. Com essa força de vontade que encontramos em nossos rostos é que seguimos confiantes de que temos ainda muito a retornar para o nosso planeta”, destaca Maria Amélia.

O projeto como um todo teve um investimento de R$ 10 milhões. O número expressivo reflete a importância que a Solar Coca-Cola dá às questões relacionadas à sustentabilidade.

“O conceito de sustentabilidade é amparado em três pilares: econômico, social e ambiental, que têm o objetivo de manter a harmonia entre os componentes para garantir a integridade do planeta, da natureza e da sociedade no decorrer das gerações. Sendo assim, para que uma empresa seja considerada sustentável ambiental e socialmente, ela deve adotar atitudes éticas, práticas que visem seu crescimento econômico sem agredir o meio ambiente e colaborar para o desenvolvimento da sociedade”, completa a gerente.